sábado, 16 de março de 2013

No final o que conta pra mim é o amor

Olá pessoal. Após muito tempo sem postar nada voltei. Estava em silêncio, não por falta de assunto, mas eu comecei a ficar meio que depressiva. Acho que alguns de vocês sabem que o marido agora trabalha em Santa Catarina, atua como servidor público lá na região oeste e eu continuo aqui na Grande São Paulo, tentando fazer a diferença na vida de quase 60 crianças no início da alfabetização. Não fui junto por motivos maiores e familiares e graças a Deus o Noelson entende isso. Conhecemos-nos há doze anos completos e um dos motivos que me fez admirá-lo foi o amor e o cuidado que ele tinha com os pais já idosos e que infelizmente já faleceram, outro motivo foi a disposição que ele tem de se doar. É uma pessoa com quem podemos contar em todos os momentos. Há dez anos quando começamos a namorar eu pensava que não daria certo, mas aprendemos muito nesse tempo e o amor e o respeito só cresceram. Tivemos grandes perdas em nossas vidas( minha sogra, o filho que esperávamos ansiosos e depois o sogro)e ainda assim sobrevivemos e saímos mais fortes depois de cada batalha. E agora quando estou triste, quando chego em casa (geralmente a casa está vazia, se tenho alguma novidade não tenho para quem contar imediatamente, se quero alguém para desabafar, alguém que apenas me ouça, também não tenho) e o abatimento chega de mansinho e vai se infiltrando. Portanto, procuro pensar nas nossas conversas quando estamos juntos, ou nos telefonemas diários, no amor e companheirismo que ainda temos e copio uma frase que ouvi alguém dizer e que foi postada na internet, mas, me esqueço da autoria: “Amanhã fico triste, hoje não”. Mudando de assunto, no dia 23 há o encontro das amigas virtuais em Sampa e que eu queria muito participar, só que participando de um concurso público em Francisco Beltrão - PR, que é o lugar mais próximo de São Lourenço do Oeste – SC onde o marido está. Conversei com a Pepa pelo Facebook e enviei algo a ela, mas me esqueci do bilhete que escrevi enquanto as crianças realizavam as atividades do dia. Vou colocá-lo aqui, escaneei para verem o quanto eu pinto mal, gosto de colorir figuras para que os alunos vejam como segurar o lápis, possam dar palpites, entre outros motivos e vou colocar a foto do tapete que comecei em são Lourenço e terminei aqui. Ia tirar foto dele no hall do prédio que moro, mas fiquei com dó de colocá-lo no chão, então usei uma escrivaninha da escola. Acho que me encontrei nos pequenos trabalhos em crochê. Confesso que tive dificuldades em escrever e escolher o título da postagem, escrevo no Word e depois copio e colo, ainda não consigo deixar o post configurado como um texto que digitei no Word. Bjs e até a próxima. Sandra

3 comentários:

MARLENE disse...

Oi Sandra,
Que pena que vc não vai poder ir no encontro, mas haverá outros.
O tapete ficou muito lindo e, com certeza, quem ganhar vai ficar muito feliz.
Bjs e sucesso,
Marlene

Pepa disse...

Quem ganhou esse tapete (snif, não fui eu, rsrs) ficou realmente bem feliz...

E como vão as coisas ?? como foi o concurso ??
Conte-nos as novidades, rsrs #eu a curiosa...

bjus 1000 lindona e um lindo finde !!

ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS disse...

VENHA FAZER PARTE DO GRUPO DA ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (FACEBOOK). PUBLIQUE SEUS POEMAS, CONTOS, CRÔNICAS, FOTOGRAFIAS, SUGESTÕES DE LIVROS, PEÇAS DE TEATRO, FILMES...TODO CONTEÚDO CULTURA.
ACESSE O LINK E CLIQUE NA OPÇÃO (SEGUIR/PARTICIPAR DO GRUPO). DEPOIS É SÓ PUBLICAR SEUS TEXTOS COM OU SEM FOTOS.
https://www.facebook.com/groups/149884331847903/


Facebook: do poeta e editor Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan) http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile